terça-feira, 18 de agosto de 2009

A Resposta Sai Na Sexta

Depois do anúncio da saída de Flavia, minha colega de trabalho, Adrien, nosso chefe, decidiu fazer hoje uma rápida reunião para nos atualizar sobre os últimos acontecimentos na empresa onde trabalhamos e que está em processo de venda desde abril. O asssunto, pelo que percebi, é tratado em absoluto sigilo, e eu e Flavia quase nunca ficamos sabendo de nada do que acontece nos bastidores. Somos café pequeno, diria minha colega.
O fato é que o pedido de demissão de Flavia não foi aceito. Nosso chefe pediu para que ela encontrasse outra alternativa, visto que ela estava com dificuldades para dar conta da demanda de trabalho, insatisfeita em dividir o mesmo computador comigo e outros detalhes que, no final das contas, não valiam a pena o esforço. A saída oferecida por minha colega foi trabalhar duas vezes por semana no escritório e os demais dias em casa.
Isso não exclui o fato de terem de arrumar outro computador para que ambas trabalhem no ritmo necessário para evitar o acúmulo de tarefas, especialmente nos dias em que ela trabalhar no escritório e tiver de dividir a mesma máquina comigo. Resultado: parece que a chefia aceitou a proposta dela. Agora, resta apenas saber se vão mesmo colocar em prática o que ficou combinado.
Entre um acerto e outro, falou-se também sobre o processo de venda da empresa. São quatro os compradores, todos de grosso calibre, e ao que parece a resposta definitiva sairá nesta sexta-feira. Segundo nos explicou o chefe, seja qual for a empresa que assumirá o comando, ficou acertado o compromisso de manter a atual equipe.
Aqui entre nós, acho isso pouco provável, pois raras (para não dizer nunca) foram às vezes que vi uma empresa em processo de aquisição manter o time anterior. O processo é sempre de mudança e isso implica também fazer a transição entre a antiga equipe e os novos funcionários que chegam.
Da minha parte, resolvi ficar até o fim, pois se aguentei até agora, não vou me afobar e começar a bater pernas e braços desesperadamente com medo de me afogar. Vou na marola, boiando ao sabor das ondas. Quem sabe não me jogam um colete salva-vidas.

Um comentário:

Marcelo disse...

Nossa, me sinto acompanhando a negociação por dentro!!! Que venha a sexta e que ela traga novidades boas. Ouvi dizer sobre uma empresa grande que adquiriu outra (muito menor) da área de web na semana passada e disseram que iriam manter a equipe, mas... Isso estava restrito aos cabeças da empresa comprada. De um jeito ou de outro, boa sorte!